18/09/2015

Escola Judicial assina convênio para cooperação acadêmica com a PUCPR

<<Voltar
Foto em plano geral mostra, de pé e lado a lado, o professor Oksandro Osdival Gonçalves, o professor Eduardo Oliveira Agustinho, o presidente Altino Pedrozo dos Santos, o desembargador Célio Horst Waldraff e o juiz Lourival Barão Marques Filho. A imagem foi feita no gabinete da Presidência do TRT-PR e todos olham para a câmera. O presidente Altino Pedrozo dos Santos exibe, à frente do corpo, o documento de cooperação firmado entre o Regional paranaense e a instituição de ensino.

A partir da esquerda: professor Oksandro Osdival Gonçalves, professor Eduardo Oliveira Agustinho, presidente Altino Pedrozo dos Santos, desembargador Célio Horst Waldraff e juiz Lourival Barão Marques Filho 

A Escola Judicial do Tribunal do Trabalho do Paraná e a Associação Paranaense de Cultura (APC), instituição mantenedora da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), firmaram um convênio para cooperação acadêmica na área de formação continuada dos magistrados.

Pelo documento, assinado na Presidência do TRT-PR (18/09), a frequência em cursos de mestrado, doutorado ou pós-doutorado da PUC-PR será reconhecida para cômputo de horas de formação continuada dos magistrados da 9ª região trabalhista. O convênio prevê também o compartilhamento de professores convidados e de vagas em eventos promovidos pela Escola Judicial e pelo Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu da PUCPR; o compartilhamento de processos de intercâmbio e convênios de internacionalização das atividades formativas e a realização de eventos conjuntos
.

Assinaram a parceria o diretor da Escola Judicial do TRT-PR, desembargador Célio Horst Waldraff; o presidente da Associação Paranaense de Cultura, Délcio Afonso Balestrin; o reitor da PUCPR, professor doutor Waldemiro Gremski; o decano da Escola de Direito da PUCPR, professor Eduardo Oliveira Agustinho; e o coordenador do Programa de Pós-Graduação em Direito da PUCPR, professor Oksandro Osdival Gonçalves.

O desembargador Célio Waldraff destacou que o convênio da Escola com a PUCPR é pioneiro nos termos da Resolução ENAMAT nº 17/2014, e antecipou que haverá desdobramentos para capacitação do quadro de servidores do TRT da 9ª Região.

VISITA INSTITUCIONAL
Nesta semana (17/09), estiveram em visita ao TRT-PR autoridades do município de Santo Antônio da Platina, no Norte Pioneiro do Paraná. O prefeito Pedro Claro de Oliveira Neto, o secretário de Assistência Social Israel Júnior da Silva, o chefe de Gabinete José Antonio da Silva e o advogado Leonardo Lemes da Silva foram recebidos pelo presidente, desembargador Altino Pedrozo dos Santos.

Os platinenses prestigiaram a solenidade do 39º aniversário do Tribunal e a entrega do diploma "Jubileu de Prata" para o cidadão honorário de Santo Antônio da Platina, desembargador Edmilson Antonio de Lima, que completou 25 anos de atuação no Judiciário Trabalhista paranaense
.

A jurisdição da Vara do Trabalho de Santo Antônio da Platina abrange o respectivo município e as localidades vizinhas de Carlópolis, Joaquim Távora, Quatiguá, Jundiaí do Sul, Guapirama e Ribeirão do Pinhal. Em média, a unidade recebe a cada ano 1500 novas ações trabalhistas.

Foto em plano geral mostra, de pé e lado a lado, o chefe de gabinete José Antônio da Silva, o desembargador Edmilson Antonio de Lima, o prefeito Pedro Claro de Oliveira Neto, o presidente Altino Pedrozo dos Santos, o advogado Leonardo Lemes da Silva e o secretário Israel Júnior da Silva. A imagem foi feita no gabinete da Presidência do TRT-PR e todos olham para a câmera.

A partir da esquerda: chefe de gabinete José Antonio da Silva, desembargador Edmilson Antonio de Lima, prefeito Pedro Claro de Oliveira Neto, presidente Altino Pedrozo dos Santos, advogado Leonardo Lemes da Silva e o secretário Israel Júnior da Silva 

Notícia publicada em 18/09/2015
Assessoria de Comunicação do TRT-PR
(41) 3310-7309
ascom@trt9.jus.br
 

Última atualização: terça, 22 Set 2015, 11:45