11/11/2015

Reunião das Escolas Judiciais do Brasil reúne todas as esferas do judiciário

<<Voltar

Aconteceu na tarde do segundo dia da  7ª Conferência Internacional para Formação e Capacitação do Judiciário (IOJT), a reunião de todas as Escolas Judicias brasileiras, coordenada pelo Diretor da Enamat, ministro Renato de Lacerda Paiva (TST), pelo Diretor do Centro de Estudos Judiciários da Justiça Militar da União (Cejum), ministro José Coêlho Ferreira (STM), e Juiz Paulo de Tarso Tamburini, Secretário-Geral da Enfam, representando o Ministro João Otávio  de Noronha, Diretor Geral da ENFAM.

MinistrosJosé Coêlho (STM), Renato Paiva (TST/Enamat) e juiz Paulo Tamburini (Enfam)

Ministros José Coêlho (STM), Renato Paiva (TST/Enamat) e juiz Paulo Tamburini (Enfam)

Participaram da reunião representantes das 27 Escolas Judiciais dos Tribunais de Justiça (TJs), das 5 Escolas da magistratura federal (TRFs), das 24 Escolas Judiciais do Trabalho (TRTs), e dos 3 Tribunais Militares estaduais e do STM (magistratura militar federal), através do Centro de Estudos Jurídicos da Justiça Militar (Cejum), e 27 escolas eleitorais (TREs).

O ministro Renato Paiva e o juiz Tamburini abriam a reunião dando as boas vindas aos participantes e ressaltaram a importância dos acordos de cooperação entre as Ejuds, defendendo o desenvolvimento de um cronograma de trabalho conjunto entre todas as Escolas da magistratura. “Estamos com um trabalho que vai alcançar toda magistratura com objetivo de construir um futuro com definição do perfil do juiz do século XXI, que idealizamos”, ressaltou o juiz Paulo Tamburini. Ele também defende que é preciso fortalecer a magistratura num curriculum de formação única inicial comum a todos os juízes brasileiros.

Ministros do TST e juiz Olsson

Ministros do TST e juiz Olsson

O ministro do STM, José Coêlho, falou na reunião a criação do Cejum e as parcerias que o Centro vem realizando, como os acordos de cooperação com a Enamat e Enfam.

Na ocasião, o Vice-Presidente do TST, ministro Ives Gandra da Silva Martins Filho, saudou os participantes e ressaltou a importância do conhecimento técnico, da arte de julgar e do saber ser juiz. A ministra do TST  Kátia Magalhães Arruda , que também é Conselheira da Enamat, participou da reunião.

O juiz Giovanni Olsson apresentou, na reunião do Sistema Integrado, o novo aplicativo da Enamat, disponível para android e IOs, onde o usuário pode acessar as noticias da Enamat, calendário de cursos das 24 EJUDs, entre outras informações.

Apresentação do aplicativo da Enamat

Apresentação do aplicativo da Enamat

A Enamat, sediada no TST, realiza a formação profissional de cerca de 3.500 Magistrados do Trabalho, lotados em 24 Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs). Foi a primeira escola do país destinada a regulamentar os cursos oficiais para o ingresso e promoção na carreira de juízes no Brasil, e está participando da Conferência,  juntamente com representantes das 24 Escolas Judiciais do Trabalho.

Notícia publicada em 11/11/2015
Waleska Maux/Enamat
enamat@enamat.jus.br

Última atualização: quinta, 12 Nov 2015, 17:32