08/12/2015

Escola Judicial assina convênio com Instituto Cervantes

<<Voltar
Presidente Arnor Lima Neto e diretora Rosa Sánchez-Cascado Nogales
Presidente Arnor Lima Neto e diretora Rosa Sánchez-Cascado Nogales assinam convênio

Os cursos de língua espanhola oferecidos pelo Instituto Cervantes poderão contar como horas de formação continuada para magistrados do Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR). Um convênio de cooperação acadêmica foi assinado nesta terça-feira (08/12) em visita institucional da diretora do Instituto, Rosa Sánchez-Cascado Nogales, à Presidência do Tribunal.

Trata-se do terceiro convênio assinado entre a Escola Judicial do TRT-PR e instituições de ensino de línguas credenciadas também como centros de difusão da cultural de seus países. Antes da parceria com o Instituto Cervantes, a Escola já havia formalizado termo de cooperação com a Aliança Francesa, no final de 2014, e com o Instituto Interamericano, no início deste ano. O convênio com a instituição espanhola, que tem validade de dois anos e não envolve custos para o TRT-PR, é o primeiro que contempla também a possibilidade de participação em cursos na modalidade de ensino a distância. 

Assinaram o documento o presidente do TRT-PR, desembargador Arnor Lima Neto, o diretor da Escola Judicial do TRT-PR, desembargador Arion Mazurkevic, e a diretora do Instituto Cervantes em Brasília, Rosa Sánchez-Cascado Nogales. Também participaram do encontro a vice-presidente do TRT-PR, desembargadora Marlene T. Fuverki Suguimatsu, a coordenadora acadêmica do Instituto Cervantes em Curitiba, Tania Alonso Galán, e a assessora da Escola Judicial, Maria Ângela de Novaes Marques.

FORMAÇÃO CONTINUADA 

A Emenda Constitucional 45 atribuiu ao Poder Judiciário a responsabilidade pela seleção, preparação, aperfeiçoamento e promoção de magistrados. A Resolução 13/2013 da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho (ENAMAT) determina que os juízes devam frequentar atividades de formação continuada pelo período mínimo de 30 horas-aula a cada semestre, em atividades presenciais ou à distância. No TRT do Paraná, as ações de formação continuada de magistrados e qualificação de servidores são coordenadas pela Escola Judicial, criada em 2004.

Autoridades e gestores do TRT-PR e do Instituto Cervantes
A assessora da Escola Judicial Maria Ângela Marques, a vice-presidente do TRT-PR, desembargadora Marlene T. Fuverki Suguimatsu, o presidente do TRT-PR, desembargador Arnor Lima Neto, a diretora do Instituto Cervantes, Rosa Sánchez-Cascado Nogales, a coordenadora acadêmica do Instituto, Tania Alonso Galán, e o diretor da Escola Judicial, desembargador Arion Mazurkevic
Notícia publicada em 08/12/2015
Assessoria de Comunicação do TRT-PR
Fotos: Alexandre Gonçalves
(41) 3310-7313
ascom@trt9.jus.br
Última atualização: terça, 8 Dez 2015, 17:16