28/06/2017

Encerrado 13º Encontro do Colégio de Ouvidores da Justiça do Trabalho no TRT-PR

<<Voltar
Imagem do auditório onde ocorreu o evento, com palestrante José Eduardo Romão e participantes.
José Eduardo Romão falou do trabalho das Ouvidorias sob a perspectiva da iniciativa privada

Após um período de abertura de intensas atividades - que incluíram palestras sobre Inteligência Artificial e Relacionamento com o Consumidor, bem como reflexões nos campos da Filosofia e Antropologia Social -, nesta terça-feira (27), durante o segundo dia do 13º Encontro do Colégio de Ouvidores da Justiça do Trabalho (Coleouv), realizado no TRT do Paraná, os ouvidores Gilberto Waller Junior, da Ouvidoria Geral da União, e José Eduardo Romão, da BR Distribuidora, falaram dos desafios que enfrentam diariamente, compartilhando experiências vividas e novas ideias com os participantes do evento.

O ouvidor-geral da União abriu os trabalhos do dia no auditório da Escola Judicial do TRT-PR, discorrendo sobre o tema "Ouvidoria de Dados". Para Gilberto Waller Junior, é preciso que as Ouvidorias passem a atuar de maneira que possam transformar problemas individuais em soluções coletivas. Ele explicou que, neste sentido, ferramentas de Tecnologia da Informação são fundamentais, uma vez que possibilitam a análise dos dados de maneira mais completa.

"Quando as reclamações são avaliadas de um plano geral, coletivo, podemos planejar ações mais eficientes de controle dos problemas. Precisamos deixar de lado esta visão de que temos de solucionar cada questão individualmente para que se possa efetivamente melhorar a gestão pública", afirmou.

Em seguida, foi a vez do ouvidor da BR Distribuidora apresentar o trabalho das Ouvidorias sob a perspectiva da iniciativa privada. José Eduardo Romão defendeu a ideia de que é função das Ouvidorias promover a interdependência e a integridade das instituições. Para isso, de acordo com ele, é necessário que os atendimentos realizados estejam pautados por regras como tratamento igual a todos, ética e transparência durante todo o processo.

"A Ouvidoria pode qualificar um atendimento, oferecendo uma experiência constitutiva deste cidadão, uma solução calcada na interdependência e na integridade", disse.

Boas Práticas

Da esquerda para a direita: servidora Débora Proença,  desembargadora Eliney Veloso (presidente do Coleouv) e servidor Marcelo Iansen Loureiro
Da esquerda para a direita: servidora Débora Proença, desembargadora Eliney Veloso (presidente do Coleouv) e servidor Marcelo Iansen Loureiro

Após as palestras, o coordenador do Programa de Acesso à Informação do TRT do Paraná, Marcelo Iansen Loureiro, e a servidora da Seção de Apoio à Ouvidoria, Débora Gnata Baleche Proença, apresentaram ao público os avanços que o Regional Paranaense tem conseguido em relação ao trabalho de sua Ouvidoria.

O Programa de Acesso à Informação do TRT do Paraná foi instituído em abril de 2016, pelo Ato da Presidência nº 75/16, com o objetivo de estabelecer as medidas necessárias para a implementação dos procedimentos definidos pela Lei Federal 12.527/2011 (Lei de Acesso à Informação). O programa está sob a gestão da atual ouvidora da 9ª Região, desembargadora Nair Maria Lunardelli Ramos, e desde sua criação vem fazendo importantes modificações nos canais de acesso à informação do Tribunal, incluindo o aprimoramento do sítio eletrônico e a revisão da Carta de Serviços ao Cidadão.

No fechamento do evento, a diretora-geral do TRT de Santa Catarina, Ana Paula Volpato Wronski, apresentou aos participantes as funcionalidades do sistema de Processo Administrativo Virtual (PROAD), uma ferramenta do sistema de Gestão Administrativa Eletrônica (GAE) do Conselho Superior da Justiça do Trabalho. O PROAD é um programa de apoio à gestão eletrônica de processos administrativos que pode auxiliar o trabalho das Ouvidorias. O sistema já foi implementado em 14 Tribunais Regionais do Trabalho de todo o País.

Acesse a galeria de fotos do evento no Flickr do TRT-PR.

Notícia publicada em 28/06/2017
Assessoria de Comunicação do TRT-PR
(41) 3310-7309
ascom@trt9.jus.br

Última atualização: segunda, 3 Jul 2017, 12:52