13/07/2018

Concluída com sucesso, na região dos Campos Gerais, mais uma edição do TRT em Ação

<<Voltar
Imagem participantes e organizadores do evento

Acesse a Galeria de fotos

Foi concluída com sucesso mais uma edição do TRT EM AÇÃO, desta vez realizada nos dias 12 e 13/7 nos Campos Gerais, macrorregião que inclui os municípios de Ponta Grossa, Telêmaco Borba, Wenceslau Braz, Castro, Jaguariaíva e Ibaiti, e que recentemente passaram por correição.

A 5ª edição do evento contou com uma atividade adicional. A vice-presidente do TRT-PR, desembargadora Nair Maria Lunardelli Ramos mediou, na quinta-feira (12), no Fórum Trabalhista de Ponta Grossa, uma negociação de dissídio coletivo envolvendo representantes dos trabalhadores e das empresas do setor hoteleiro de Ponta Grossa e região.

A reunião foi considerada positiva, com a construção conjunta de consenso em metade dos 86 itens constantes do rol de reinvindicações. Uma nova audiência ficou marcada para o dia 18/7, às 10h, no mesmo local, para o prosseguimento do diálogo, visando à redação de uma nova Convenção Coletiva de Trabalho para a categoria.


Pautas especiais de conciliação

Além da vice-presidente do TRT-PR e dos magistrados que atuam na região, o TRT EM AÇÃO realizado nos Campos Gerais contou com a presença dos desembargadores Sérgio Murilo Rodrigues Lemos, corregedor regional, e Cássio Colombo Filho, diretor da Escola Judicial do Regional paranaense.

As pautas especiais de audiências conciliatórias foram compostas por 78 processos oriundos das Unidades Judiciárias de Ponta Grossa, Telêmaco Borba, Wenceslau Braz, Castro, Jaguariaíva e Ibaiti, que recentemente passaram por correição.

Nas audiências em que estiveram presentes ambas as partes (um total de 25), foram realizados 16 acordos, com uma taxa de 64% de sucesso nas negociações. O montante arrecadado foi de R$ 652.400,00, utilizados para o pagamento dos créditos trabalhistas.

Juíza Glenda Regine Machado
Juíza Glenda Regine Machado

No encerramento das atividades do TRT EM AÇÃO, a juíza Glenda Regine Machado, titular da 8ª Vara da Zona Sul da Capital de São Paulo, proferiu a palestra "Conciliação Qualificada: Princípios e Identificação do Conflito", onde abordou a criação e o funcionamento do Cejusc na sua jurisdição.

A magistrada mostrou ferramentas e estratégias para tornar a conciliação mais eficiente, apresentando uma taxa média de cumprimento de acordos de 95%, com mais de R$ 41 milhões negociados em 2017, nas 4700 audiências agendadas.

A atividade científica que concluiu a programação de integração regionalizada foi acompanhada por operadores do Direito, acadêmicos, servidores e membros de associações civis.

Assessoria de Comunicação do TRT-PR

(41) 3310-7309
ascom@trt9.jus.br

Última atualização: segunda, 16 Jul 2018, 13:54