06/08/2018

Reinserção de detentos ao mercado de trabalho foi tema de debate interinstitucional

<<Voltar
Foto Desembargadora Rosalie Michaele Bacila Batista
Desembargadora Rosalie Michaele Bacila
Batista

Diálogos sociais: o método APAC e o trabalho no estabelecimento prisional” foi tema de evento promovido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ-PR), com o apoio da Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho do Paraná, nesta sexta-feira (03), em Curitiba.

Instituída em 1974, a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) é uma entidade jurídica sem fins lucrativos, que tem como objetivo recuperar e reintegrar presos. Para isso, são apresentados aos detentos conceitos como responsabilidade, autovalorização, solidariedade e capacitação, sempre aliados à humanização do ambiente prisional.

Na abertura do encontro, a desembargadora Rosalie Michaele Bacila Batista, representando a presidência do TRT do Paraná, destacou a escassez de vagas oferecidas a ex-presidiários e a baixa escolaridade desta população como fatores que tornam ainda mais difícil a reinserção de detentos à sociedade.

"O Brasil é o 3º país com mais presos no mundo. É imprescindível avançar no diálogo sobre a grave questão social da população carcerária brasileira, propondo alternativas metodológicas eficazes como a APAC", declarou a desembargadora na oportunidade.

Foto Juiz Cícero Ciro Simonini Júnior
Juiz Cícero Ciro Simonini Júnior

Também durante o evento, o juiz titular da Vara do Trabalho de Ivaiporã, Cícero Ciro Simonini Júnior, enfatizou a importância de envolver magistrados da Justiça do Trabalho em debates relacionados ao tema.

"Lançar um olhar sobre a questão do trabalho do preso, para que tenham condições dignas de trabalho, é fundamental para que seja alcançada a paz social. (...) Podemos nos engajar nesta causa de muitas maneiras, uma delas é destinando a estas instituições multas decorrentes de Ações Civis Públicas, em parceria com o Ministério Público do Trabalho", observou.

O magistrado foi um dos convidados do painel "Cenário e história das APACs no Paraná. Desafios e perspectivas", do qual também participaram os juízes Cláudio Camargo dos Santos e Fernanda Orsomarzo, designados para a coordenação do projeto APAC no Paraná, e o promotor de justiça Gustavo Eloi Razera, da APAC de Barracão.

Foto "Magistrados do TRT-PR debatem o tema"
Magistrados do TRT-PR debatem o tema

















Assessoria de Comunicação do TRT-PR

(41) 3310-7309
ascom@trt9.jus.br

Última atualização: quarta, 8 Ago 2018, 10:52