03/09/2018

Foz é sede do "Seminário Aprendizagem: Fonte de Beneficio Mútuo Entre Empresário e Aprendiz"

<<Voltar
Imagem: Cartaz evento
Seminário Aprendizagem: Fonte de benefício mútuo entre empresário e aprendiz

Nos dias 30 e 31, a cidade de Foz do Iguaçu (Oeste do Paraná) recebeu o "Seminário Aprendizagem: Fonte de Benefício Mútuo Entre Empresário e Aprendiz", que será realizado na Usina Hidrelétrica de Itaipu (Av. Tancredo Neves, 6.371, Foz do Iguaçu, Paraná). O seminário tem como objetivo geral difundir diretrizes e boas práticas, além de ser um espaço de debate de ações que possam dar concretude à inclusão social, educacional e profissional do adolescente no mundo do trabalho, em especial nas áreas rurais.

Para cumprir este objetivo, serão dois dias de palestras, mesas de debates, apresentação de cases e de atos culturais. O evento contará com a presença do Ministro Presidente do Tribunal Superior do Trabalho Brito Pereira e a conferência magna, a ser proferida na abertura, será proferida pela ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Kátia Magalhães Arruda.

A ideia é promover a conscientização de que, por meio da aprendizagem, o próprio empresário tem a vantagem de formação de uma mão de obra qualificada e comprometida com a cultura da empresa e, ainda, propiciar ao aprendiz educação para o trabalho, bem como a oportunidade de um primeiro emprego e inclusão social.

O público-alvo do evento são os integrantes do empresariado nacional, em especial do setor rural, magistrados, membros do ministério público, ministério do trabalho, conselheiros tutelares e público em geral. O encontro também é voltado para membros das instituições do sistema "S", dirigentes e integrantes de órgãos públicos e entidades privadas que atuam no estímulo à aprendizagem, e autoridades públicas da região de Foz do Iguaçu, do Estado do Paraná e do Governo Federal, além de todos que de alguma forma atuam nas questões relativas às garantias de direitos de crianças e adolescentes.

O foco segue a meta maior estabelecida pela Coordenação Nacional do Programa, sob a gestão da Presidência do Conselho Superior da Justiça do Trabalho, que em 2018 concentra a atenção na aprendizagem rural.

O Seminário vem a contribuir para a implementação de  medidas visando ao cumprimento do 5º Princípio do Pacto Global das Nações Unidas: a abolição efetiva do trabalho infantil. O TRT-PR é signatário do Pacto Global desde o mês de março de 2018, movimento que visa a mobilizar instituições ao redor do mundo inteiro para adoção de valores fundamentais nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio ambiente e combate à corrupção.

O Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem (PCTIR) foi instituído no âmbito da Justiça do Trabalho pelo Ato nº 419/2013 do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), com o objetivo de desenvolver, em caráter permanente, ações em prol da erradicação do trabalho infantil no Brasil e da adequada profissionalização do adolescente, sendo gestora regional no Paraná a Desembargadora Rosemarie Diedrichs Pimpão.

O Seminário Aprendizagem: Fonte de Benefício Mútuo Entre Empresário e Aprendiz é uma realização do TRT-PR, por intermédio do Programa Regional de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem, em parceria com a Associação dos Magistrados Trabalhistas da Nona Região (Amatra IX), Escola Judicial e Itaipu Binacional.

SEMINÁRIO APRENDIZAGEM: FONTE DE BENEFÍCIO MÚTUO ENTRE EMPRESÁRIO E APRENDIZ

Data: 30 e 31 de agosto de 2018
Hora: no primeiro dia a abertura será às 18h; no segundo às 8h30 com encerramento às 17h
Local: Auditório Cesar Lattes - Usina Hidrelétrica de Itaipu (Av. Tancredo Neves, 6.731, Foz do Iguaçu, Paraná)
Inscrições no Local

Para acessar a programação, CLIQUE AQUI.

Assessoria de Comunicação do TRT-PR

(41) 3310-7309
ascom@trt9.jus.br

Última atualização: quarta, 5 Set 2018, 10:38