31/07

Data: 31/07 - 14:00 às 17:00

Público: Magistrados e Servidores

Modalidade: Ensino a distância - autoinstrucional

Carga horária: 3h

Inscrições: Não há necessidade de inscrição. Os magistrados e servidores do TRT-PR terão as horas validadas para fins de atividade formativa e de adicional de qualificação mediante preenchimento de formulário de presença e avaliação de reação disponibilizado no chat durante a transmissão.

Link de transmissão: A transmissão do evento será realizada no canal do Instituto Edésio Passos no YouTube: https://www.youtube.com/c/InstitutoEdésioPassos

Informações adicionais:

O evento é uma realização da Escola Judicial do TRT da 9ª Região em parceria com a Escola Superior da Advocacia da OAB/PR e a Universidade Federal do Paraná – Departamento de Prática Jurídica, tendo o apoio da AMATRA-IX, do Instituto Edésio Passos e da OAB/PR.

A primeira mesa do evento, que abordará “Como e quando negociar regras processuais relacionadas às audiências telepresenciais de instrução?”, será presidida pelo Juiz Fernando Hoffmann (Coordenador Pedagógico da EJ9) e contará com as exposições da advogada Christhyanne Regina Bortolotto (Secretária-Geral Adjunta da OAB Paraná) e da Juíza Ana Paula Sefrin Saladini (TRT9).

Da mesa dois “Como preservar a integridade da prova oral nas audiências telepresenciais de instrução?”, sob a presidência da Advogada Maíra S. Marques da Fonseca (Conselheira Estadual da OAB-PR), participarão a Procuradora Margaret Matos de Carvalho (Chefe do MPT do Paraná), o Juiz Lourival Barão Marques Filho (TRT9) e o Advogado Luís Alberto Gomes Coelho (Presidente da Comissão de Direito do Trabalho da OAB/PR).

A última mesa do seminário abordará a temática “Como preservar a integridade do ato processual diante das inconsistências da internet?” e será presidida pelo Advogado e Professor Sandro Lunard Nicoladeli. Os expositores serão o Juiz Bráulio Gabriel Gusmão (TRT9 e Juiz Auxiliar da Presidência do CNJ), a Advogada e Professora Ana Paula Pavelski  (Conselheira Estadual da OAB-PR) e o Procurador do Trabalho Leonardo Ono.

Last modified: Wednesday, 29 July 2020, 12:56 PM